terça-feira, 1 de junho de 2010

Quem ama um marinheiro ,ama...desta forma!

Sinto-me naquele nevoeiro,
que abraça a tua fragata...

Sinto-me no vento ,
que me sussurra no teu ouvido...

Sinto-me nas ondas brandas,
que embalam o teu sono...

Sinto-te na alma,
porque me habitas com intensidade...

Sinto enormemente a tua ausencia,
enquanto navegas por mares longinquos...

Trago o sabor dos teus beijos,
sempre presentes...na minha boca...na minha pele...

A distância,
nada muda...

O tempo que passa,
nada apaga...

Volta breve...

Porque te amo...

2 comentários:

Paula disse...

Porque o amor é lindo....

Beijocas de quem te admira imenso****

AFRICA EM POESIA disse...

Venho deixar um beijinho e POESIA.


CORAÇÃO


Dentro do meu peito, pequenino
Não há só veias, artérias ou sangue.
Dentro do meu peito, abrigado
Existe um coração que vai batendo...


Batendo, contra tudo e contra todos
Batendo e amando tudo, ao redor
Mas batendo e sofrendo a toda a hora
Pois ama e suspira por amor...


E será que vale a pena ele suspirar?
Será que vale tanta pena e tanta dor...
Porque haverá o coração de ser sempre
A peça que dentro de nós mais sente a dor?


Porque haverá o Amor que é tão belo...
De ser o que de pior no mundo existe?
Porque será que com tanta dor
Eternos amantes serão sempre o coração e o amor...


LILI LARANJO



TENHO SELO PARA TI...

Quem sou eu

Minha foto
espreito pelo canto dos olhos a minha alma,ávida de encontrar "coisas"sobre mim que desconheço!

Seguidores